Mensagem do Presidente › 16/03/2012

Renovação

aaaO período quaresmal teve início na quarta-feira, 22 de Fevereiro. É importante que vivamos o tempo conforme os princípios da Igreja. Sabemos que somos Impulsionado e tentado pelo maligno, mas não podemos aceitar, temos que estar em constante vigilância. Não somos obrigados, mas devemos viver sempre em comunhão.  Devemos considerar a relevância da data, como um período no qual as pessoas, através da crença em Cristo, se revigoram, aspirando uma nova vida. Eis que subindo para Jerusalém, durante o caminho, Jesus tomou à parte os Doze e disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos príncipes dos sacerdotes e aos escribas. Eles o condenarão à morte. E o entregarão aos pagãos para ser exposto às suas zombarias, açoitado e crucificado; Mas ao terceiro dia ressuscitará. (Mt 20, 17-19)

Conforme o prelado, o período da Quaresma tem um relevante apelo simbólico para a Igreja Católica, já que recorda não apenas o caminho de Moisés, no êxodo, para salvar seu povo e chegar à terra prometida, mas também os quarenta dias em que Jesus Cristo ficou isolado no deserto e foi tentado pelo diabo. Podemos dizer então que a quaresma é o tempo que nos conduz à Páscoa; É o tempo em que aqueles que creem em Cristo aguardam por sua ressurreição. Este período configura dessa forma, “os passos da vitória do bem sobre o mal, da vida sobre a morte e do amor sobre o ódio“.

Quaresma, na qual o pontífice destaca como o período, sobretudo, um tempo litúrgico muito precioso e importante para a Igreja. “Tempo em que as pessoas são chamadas pela fé celebrada a intensificar o seu caminho de purificação no espírito para aspirar com mais força a uma vida nova em Cristo”. E com esse espírito de congregado mariano, servidor de Jesus, missionário e evangelizador, comprometido com as causas de Maria, seguindo exemplo de humildade da serva do Senhor, “àquela que deu a luz a luz do mundo, Cristo o Salvador”, é que nós devemos manter nossa fidelidade, observando os ensinamentos do nosso mestre e criador, vivendo sempre em constante oração para não repetirmos os mesmos erros, mas para isso é necessário que renunciemos a algumas coisas desse mundo.

Salve Maria!

Jose Maria Cunha
Presidente CNCMB

 


Atendimento VEJA +

Sede: Praça Dr.Benedito Meireles, n°13 - Apt. 53 - Aparecida - SP Filial para correspondências: Rua Visconde de Inhaúma, n°134 - Salas: 316/317. Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20091-007 contato através do telefone 21 2263-3506 ou e-mail: contato@cncmb.org.br

Publicações VEJA +
Enquete
Você gostou das comemorações que ocorreram em todo o Brasil referente ao Dia Nacional do Congregado Mariano neste ano de 2019?