450 anos das CC.MM. › 01/04/2013

Parabéns Congregados Marianos

CCMM7Parabéns congregados marianos pela nossa história. Dia 25 de março de 2013 deveremos oferecer na Eucaristia, o Pão da Palavra, nossos 450 anos de fundação, desde o Colégio Romano (1563) e hoje (2013) em diversas comunidades, cada um a seu modo, vivendo o ministério, conforme o Senhor nos propõe. Vamos, pois, congregados continuar com as mãos de Maria construindo o Reino de Deus no meio de nós.

Queremos aproveitar a data e meditarmos a luz do Documento de Aparecida a nossa caminhada. Que seja útil aos nossos propósitos, mas, ainda poderá ser ampliada a luz da realidade de cada Congregação Mariana.

Vejamos:

Como andam os esforços das congregações marianas para o encontro com Jesus Cristo vivo. Continuam dando frutos?

Será que o povo reconhece a santidade de nossos congregados, testemunho de vida, trabalho missionário, principalmente das lideranças? Sabemos e reconhecemos que há muitas congregações marianas e congregados vivendo este grande esforço, estimulando e chamando outros a estar conosco nesta barca, onde a Virgem Maria, nos aponta o caminho a seguir. Consagrados e consagradas, muitos participam da missão, onde agora temos a JMJ2013 como grande desafio e muitos estão envolvidos.

Enche-nos de esperança, a liderança de alguns a promoverem obras de caridade, fortalecendo a solidariedade junto aos menos favorecidos, propagando assim a Doutrina Social da Igreja através do testemunho.

A população de nosso Brasil, em 40 anos mais que dobrou, mas os serviços essenciais não acompanharam e diariamente somos ofuscados pela mídia, com as notícias que nos abalam, que nos causam estupor. Em contra corrente a tudo isto a Igreja através do Documento de Aparecida nos convoca a formação de congregados marianos missionários, que devem aproveitar o complexo ambiente do trabalho, cultura, política, meios de comunicação, família, bairro, condomínio, sindicato, pois é através do testemunho de cada um nestes ambientes que a Congregação Mariana se faz presente.

As Congregações Marianas, escolas de formação, tem ajudado a formar cristãos comprometidos com a sua fé, discípulos e missionários do Senhor, com entrega generosa nas suas atividades. Assim deve ser a nossa caminhada de consagrado.

A experiência das primeiras comunidades (cf. At 2,42-47), deve refletir nas congregações paroquiais, onde seja um lugar de Encontro com a Palavra de Deus, surgimento de novos serviços, principalmente nesta era tecnológica que estamos inseridos, onde temos necessidade de estar conectados cada vez mais e ter o cuidado de não perder o sentido eclesial.

O Congregado Mariano, precisa ser um elemento de unidade, fidelidade a sua fé, e ter vida espiritual intensa fundada na caridade pastoral, que se nutre na experiência pessoal com Deus e na comunhão com os irmãos; manter relações fraternas com nossos Bispos, Presbíteros, Diáconos e leigos de outras Associações ou Pastorais. Em tudo deve haver comunhão, onde o congregado(a) deve viver uma “radical forma comunitária”. O Congregado Mariano deve ser uma pessoa de oração, maduro em sua “opção de vida” e apaixonado pela sua missão, tal como a Virgem Maria, nossa Mãe obediente, que tudo guardava e meditava em seu coração.

Acima falava que a nossa população mais que dobrou em quarenta anos, e, lamentavelmente o mesmo não aconteceu com as Congregações Marianas. Qual a resposta? Muita coisa pode-se discutir. Mas, algumas pistas nos apontam o Documento de Aparecida: a) Profunda experiência de Deus em nossas vidas; b) Congregados configurados ao coração do bom Pastor; c) Congregados dóceis às orientações do Espírito; d) Congregados que se alimentem da Palavra de Deus, Eucaristia e Oração; e) Congregados atentos as necessidades dos mais pobres.

Será que não vale a pena rever as reuniões em Aparecida-SP e a cada três ou quatro anos promover encontros mais intensos, procurando reatar nossa unidade e quais rumos queremos tomar. Se não planejamos nossas ações, continuaremos discutindo nossas dificuldades e não iremos crescer. Será, que 450 anos depois, teremos que falar “o último a sair apague a luz”… Não! Nós somos consagrados, por Cristo convidado, vamos, pois congregados e congregadas seu Reino construir.

Que a Virgem Maria, Sede da Sabedoria continue sendo a Estrela de nossa evangelização, para que nossos esforços pastorais sejam conduzidos para a Maior Glória de Deus!

Continua…

Salve Maria!

Texto: Eduardo Caridade
foto: Fabio Jacques

Deixe uma resposta


Atendimento VEJA +

Sede: Praça Dr.Benedito Meireles, n°13 - Apt. 53 - Aparecida - SP Filial para correspondências: Rua Visconde de Inhaúma, n°134 - Salas: 316/317. Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20091-007 contato através do telefone 21 2263-3506 ou e-mail: contato@cncmb.org.br

Publicações VEJA +
Enquete
Congregados Marianos, estão gostando da nova revista Estrela do Mar?
Ver o resultado