Congregação Mariana dos Capuchinhos celebra 85 primaveras

IMG_1208

A Congregação Mariana dos Capuchinhos completou 85 anos no dia 11 de fevereiro de 2013, mas a comemoração aconteceu no terceiro domingo do mês, no dia 16. Por causa da data de sua fundação, ela recebeu o nome oficial de Congregação Mariana de São Luiz Gonzaga e de Nossa Senhora de Lourdes. Estiveram presentes 50 pessoas, dentre elas, oito congregações marianas, como a de Santo Afonso; a da Nossa Senhora do Líbano; a de Nossa Senhora das Dores; a de Nossa Senhora Auxiliadora, do Jacarezinho; a de Nossa Senhora Aparecida e São Sebastião; a de Nossa Senhora do Carmo, e da de Nossa Senhora Auxiliadora, do Riachuelo. Também estavam prestigiando o evento, o presidente da Federação Mariana do Rio de Janeiro, Paulo Dias, o presidente da Região Norte, Vito Nunziante.

A missa foi presidida pelo pároco da Igreja dos Capuchinhos e contou com a animação na missa, da banda Torre de David, cuja vocalista, Katherine, é filha de uma aspirante da congregação, Rejane. Nessa missa da congregação, quatro aspirantes receberam a fita: Marcia Barreto, Monica Schmidt, Rejane Alecrim Santos e Maria de Fátima Rocha e duas trocaram a fita para a de congregada: Rita Araújo Cruz, Luana Ribeiro e Maria Lopes da Silva. Depois da missa, na reunião, que foi conduzida pela presidenta Andreia Oliveira e o vice-presidente Francisco Costa e Silva, o tradicional café da manhã, a leitura do ofício e alguns avisos da presidenta. No final, frei Frederico Araújo, novo conselheiro espiritual da congregação, expôs um vídeo multimídia com as fotos mais marcantes da congregação nesses 85 anos. E o encerramento teve seu clímax: o bolo com a logomarca da congregação e o lema: em tudo amar e servir. Além disso, docinhos e lembrancinhas com flores que simbolizavam um girassol, já que 85 anos são bodas de girassol.

A presidenta Andreia Oliveira reforçou uma frase da homilia de frei Arles: o amor inesgotável.

“Esse amor inesgotável que o frei Arles ressaltou na homilia da missa deste domingo, podemos imediatamente associá-lo ao amor inesgotável de Maria”, concluiu a presidenta. Foi essa sensação que contagiou os congregados marianos dos capuchinhos e os congregados visitantes, deixando uma marca indelével do amor de Maria e um sentimento puro de dever cumprido nessa celebração de aniversário.

colaboração: Anna Barros


Atendimento VEJA +

Sede: Praça Dr.Benedito Meireles, n°13 - Apt. 53 - Aparecida - SP Filial para correspondências: Rua Visconde de Inhaúma, n°134 - Salas: 316/317. Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20091-007 contato através do telefone 21 2263-3506 ou e-mail: contato@cncmb.org.br

Publicações VEJA +
Enquete
Você gostou das comemorações que ocorreram em todo o Brasil referente ao Dia Nacional do Congregado Mariano neste ano de 2019?