Mensagem do Presidente › 03/12/2012

Aos Marianos

presMesmo antes de ser eleito à presidência da Confederação Nacional das Congregações Marianas do Brasil, já desenvolvíamos o ministério de colocar em prática uma das virtudes que mais pratico. A virtude de ouvir. Foram viagens para todos os cantos de nosso país. Várias vezes substituindo nosso irmão de caminhada Adilson (ex presidente). Com essa experiência adquirida, com este contato tão próximo possibilitou-me fazer de minha gestão a gestão da escuta. Ouvimos todos, deixamos que todos se pronunciassem, não faltou oportunidade nem para aqueles que nos contestavam e esses puderam fazer valer o direito da expressão.

Buscamos de todas as formas o consenso e a harmonia. Tentamos conciliar as diferenças e coloca-las em favor do bem comum. Sabíamos que essas diferenças e divergências são salutares para uma gestão que abrangesse até aos que nos contestavam. Por isso, trouxemos para compor conosco e fazer dessas diferenças algo maior. Algo que nos trouxesse a unidade.

Objetivamente, demos voz a juventude. Realizamos nesta gestão os maiores encontros dos últimos tempos, 2010 (Vila Velha), 2011(Londrina) e 2012 (Aparecida). Sendo, o encontro da juventude de Aparecida algo imposto a minha administração. Um desafio gigantesco. Organizar e possibilitar a juventude Mariana, participar de um encontro, onde não tínhamos uma estrutura de hospedagem aliada com um espaço adequado com as necessidades do formato em que nossos encontros são realizados. A forma era subsidiar esses custos. E o departamento de juventude conseguiu com a criação de uma rifa a equalização deste fator negativo.

Não nos desanimamos e ainda fomos recompensados por nossos esforços. A presença numerosa da juventude, a participação em nosso evento de nomes como o do Missionário Eros Biondini, fez deste encontro o maior sucesso de organização e seu forte apelo ao jovem se deu porque, foi inteiramente organizado pela juventude Mariana. Tudo isso fruto de nossa vontade de dar a juventude Mariana um rosto, pois sem este rosto, o rosto da juventude, nosso movimento se apresentaria desfigurado. Organizamos o departamento da juventude de tal modo, que hoje sabiamente esses coordenadores são em suas regionais, lideranças respeitadas e ouvidas por seus dirigentes.

Participamos de três momentos especiais para nós Marianos, por ocasião do Dia Nacional do Congregado Mariano . O primeiro, na Assembléia Paulista, por sugestão do Congregado Mariano deputado estadual/SP Marco Aurélio, onde levamos àquela casa o perfume exalado por Nossa Mãe Santíssima. O perfume do amor e da Justiça. O segundo momento, quando nosso irmão Deputado Federal Eros Biondini da Tribuna da Câmara dos Deputados em Brasília ressaltou a luta dos Marianos na evangelização e na construção da família brasileira. O terceiro só podia ter sido proporcionado pela juventude. No dia Nacional do Congregado Mariano realizado no Santuário de Nossa Senhora da Piedade na Arquidiocese de Belo Horizonte, eu e meu companheiro de caminhada Paulo Lúcio coroamos nossa Mãe e Nossa Rainha.

Fundamos com apoio dos congregados novas congregações, federações e principalmente, criamos nos congregados um novo olhar. Não temos duvida que este novo olhar será para um futuro de esperança. Na esperança do crescimento deste movimento não em quantidade mas, principalmente num crescimento da participação dos congregados na vida federativa e confederativa.

Com o advento da facilidade da comunicação, do fácil acesso às informações nossos congregados participam ativamente da vida do nosso movimento. Através de alguns toques em seu computador. A era digital se consolidou em nosso meio. As congregações, se reúnem e marcam reuniões, se formam fóruns de discussão, se colhe depoimentos e testemunhos com a facilidade impensável à poucos anos. Nossa gestão teve um cuidado especial com este tópico e disponibilizou o blog e hoje num formato mais simples e acessível a todos. Podemos divulgar nossos eventos e a doutrina Mariana.

Durante o ministério da escuta tivemos que também exercer o ministério da fala. Quando falávamos colocávamos o peso de ter deixado falar, de ter ouvido primeiro. E isso nos possibilitou sermos definidores das situações. Foram inúmeras vezes que tivemos que usar de nosso pulso firme e decidido para colocar nos seus devidos lugares aqueles que comprometiam nossa unidade e não partilhavam de nossos ideais.

Meus Irmãos, é com essa forma de administrar não apenas com o olho no futuro, mas com uma administração centrada na dignidade, na honra, na honestidade e no conceito que é mais caro aos Marianos o conceito de Servir pelo amor é que encerro e transfiro ao novo presidente uma Confederação Nacional das Congregações Marianas do Brasil estruturada e administrada para elevar ainda mais o Marianismo no Brasil.

AVANTE MARIANOS!

José Maria Cunha

Presidente da Confederação Nacional


Atendimento VEJA +

Sede: Praça Dr.Benedito Meireles, n°13 - Apt. 53 - Aparecida - SP Filial para correspondências: Rua Visconde de Inhaúma, n°134 - Salas: 316/317. Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20091-007 contato através do telefone 21 2263-3506 ou e-mail: contato@cncmb.org.br

Publicações VEJA +
Enquete
Você gostou das comemorações que ocorreram em todo o Brasil referente ao Dia Nacional do Congregado Mariano neste ano de 2019?