“Amor sem cruz nunca será amor”

Neste  tempo  de  Páscoa,  quero  presentear  a todos  os congregados  e seus familiares com esta belíssima reflexão de Dom Anuar Battisti – Arcebispo de Maringá – PR. Cristo_ressuscitadoA dor, a cruz não é o fim, e sim meio, passagem para poder amar de verdade. Na medida em que se assume a perda,  a ausência, a  incompreensão,  a solidão,  a traição,  o desentendimento, enfim as  contrariedades doídas da vida, se passa imediatamente ao amor. Permanecendo na cruz, nunca haverá ressurreição. Essa  experiência  de  abandono, do  amor  sofrido,  recorda  a  própria  experiência  de  Jesus  que,  na  dor agonizante, suando sangue, grita: “Meu Deus, porque me abandonaste? Porém, não  se faça a minha, e sim a tua vontade”. (Mt 27,46) Não dá  para  fugir e muito menos  fazer de conta. O mestre assume mesmo sem entender. O que lhe espera não é o “Hosana, bendito o que vem em nome do Senhor”,  e sim,  o “crucifica-o”.  Assume a dor doída até a morte. Vence porque foi até o fim. “Só quem passa pelo fogo da dor chega ao incêndio do amor”.  Amor sem cruz  nunca será amor. Em qualquer  momento  seremos surpreendidos pela alegria ou pela tristeza, em qualquer desses momentos, o importante é amar. Senhor me ajude a passar da dor ao amor, abraçando a minha cruz de cada dia. Eu sei que o amor dói, mas sem ele a vida não tem sentido. Amém. Feliz Páscoa para todos. Salve Maria. Paulo Lucio Alves – Presidente Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Atendimento VEJA +

Sede: Praça Dr.Benedito Meireles, n°13 - Apt. 53 - Aparecida - SP Filial para correspondências: Rua Visconde de Inhaúma, n°134 - Salas: 316/317. Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20091-007 contato através do telefone 21 2263-3506 ou e-mail: contato@cncmb.org.br

Publicações VEJA +
Enquete
Congregados Marianos, estão gostando da nova revista Estrela do Mar?
Ver o resultado